Jovens lideranças do ES e de Minas se reúnem para falar de transformação

Com o tema “Livres para prosperar?”, o Instituto Líderes do Amanhã, em parceria com o Instituto de Formação de Líderes (IFL) de Belo Horizonte (MG), promoveu o 3º Seminário de Inverno. Realizado no Hotel Bristol Vista Azul, em Pedra Azul, Domingos Martins, entre os dias 14 e 16 de junho, o evento reuniu membros e associados honorários dos dois institutos, como forma de aproximação entre as jovens lideranças do Espírito Santo e de Minas Gerais.

“Foi um momento importante, em que pudemos ampliar a nossa base de conhecimento sobre temas atuais, por meio de palestras e workshops. Cumprimos assim o nosso objetivo de desenvolver valores para que as novas lideranças empresariais tornem-se agentes de mudanças no ambiente de negócios do Espírito Santo, contribuindo para a transformação de toda a sociedade”, disse o diretor de Relações Institucionais do Líderes do Amanhã, Henrique Romano.

O seminário foi aberto com um workshop de oratória, ministrado por Etienne Tottola, pedagoga com MBA em Gestão de Pessoas, proprietária da Aghá Desenvolvimento de Recursos Humanos. A seguir, houve a palestra de abertura com Renan Chieppe, CEO do Grupo Águia Branca, que contou sua trajetória até se tornar um dos principais líderes empresariais do Estado.

Outros momentos importantes foram as presenças dos empresários Pedro Henrique Coutinho, fundador da startup Olho do Dono, e Flávio Vinte, diretor executivo da Vivaçúcar.

Com formação no Líderes do Amanhã, Coutinho falou sobre a criação da Olho do Dono, startup que oferece um serviço de monitoramento de peso de cabeças de gado em fazendas usando uma câmera 3D. A plataforma foi considerada a mais promissora do continente na primeira edição TechCrunch Battlefield com startups da América Latina.

Já o empresário mineiro Flávio Vinte relatou o caminho que o levou a estar entre os jovens mais promissores do Brasil abaixo dos 30 anos de idade, segundo a revista Forbes. Com apenas 25 anos, ele é fundador de uma trading de açúcar cristal que fatura mais de R$ 30 milhões por ano.

O seminário foi encerrado com um talk show de Cristiane Correa, autora dos best sellers “Sonho Grande” e “Vicente Falconi: O que importa é o resultado”, além de ter escrito a biografia do empresário Abílio Diniz.