Fibria conhece os projetos em andamento no movimento empresarial

O Programa de Visitas Itinerantes às Mantenedoras do Espírito Santo em Ação, completou sua quinta parada, nesta segunda-feira (13). Dessa vez, o encontro aconteceu na Fibria, onde estiveram reunidos diretores e líderes para conhecer a história e os números do movimento empresarial. Na oportunidade o Instituto Líderes do Amanhã, criado dentro da instituição, também foi apresentado.

O programa foi lançado como parte das comemorações dos 15 anos do movimento empresarial, e tem como proposta divulgar as ações e projetos em desenvolvimento na entidade às empresas mantenedoras da instituição.

O diretor-presidente do ES em Ação, Luiz Wagner Chieppe, começa agradecendo a presença de todos e ressaltando que a Fibria tem um papel muito importante nessa trajetória dos 15 anos do movimento, na figura do Carlos Carlos Augusto Lira Aguiar e Walter Lídio Nunes, dois dos 16 fundadores do movimento.

Além disso, Wagner Chieppe destacou a importância de socializar o trabalho do ES em Ação com os mantenedores. “É importante que vocês conheçam os projetos do ES em Ação e, principalmente, sua proposta, que é a transversalidade. Como podemos cuidar do desenvolvimento regional e estadual, sendo, inclusive, motivador para outros estados seguirem o modelo”.

Na oportunidade, estava presente, o ex-presidente da Fibria e um dos fundadores do ES em Ação, Carlos Augusto Lira Aguiar, que contou para os presentes o porquê da criação do movimento. “Em 2003, o ambiente de negócio estava difícil para as empresas no Estado. De uma forma geral, os políticos trabalhavam criando dificuldades para depois vender facilidades. A partir disso, 16 empresários se juntaram para fazer uma mudança nesse cenário”, relembra Carlos Augusto.

Para Carlos Augusto Lira Aguiar, com a criação de um planejamento estratégico a longo prazo, o Estado melhorou e cresceu muito. “Hoje o estado dá um bom exemplo de gestão, e o movimento contribuiu muito nesses 15 anos, com diversos planos. E acredito que o mais importante é o projeto na área de educação”.

Com o destaque, a analista de educação do ES em Ação, Ayone Sossai, apresentou o programa da escola em tempo integral e seu objetivo. “O objetivo dessa educação diferenciada é oportunizar educação básica de qualidade a todos os capixabas. ”

E sempre que possível o ES em Ação convida alunos, diretores e professores das escolas em tempo integral para compartilhar um pouco de suas experiências com esse modelo de educação. Nessa visita, os convidados foram a diretora e um aluno da escola Monsenhor Guilherme Schmitz, do município de Aracruz.

 

IMG_5825 IMG_5828 IMG_5841 IMG_5844 IMG_5863 IMG_5873 IMG_5889 IMG_5908
<
>