Municípios apresentam ações do tempo integral

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A última semana foi marcada por ações de acompanhamento dos municípios que aderiram ao modelo de ensino de tempo integral. Em Cariacica, aconteceu o 1° Encontro de Parceiros da Educação, no auditório da secretaria municipal de Educação. Já em Cachoeiro, foi feito o balanço do ano.

Em Cariacica, o trabalho foi aprentado pelo secretário de Educação José Roberto Martins e o executivo de Educação do ES em Ação, Luciano Gollner. Andreia Furtado , gerente de Educação Integrada da secretaria de Educação de Cariacica e a equipe de consultoras do movimento empresarial, Ayone Sossai e Polliana Aroeira, também participaram do encontro.

Encontro de Educação em Cariacica

Já em Cachoeiro, o ES em Ação realiza uma ação chamada Ciclo de Acompanhamento Formativo com as escolas do modelo de educação em tempo integral. No encerramento de cada Ciclo, os consultores educacionais apresentam os resultados.

Os consultores e a equipe de implantação do programa apresentaram os resultados para a secretária de Educação de Cachoeiro de Itapemirim, Cristina Lens. O encontro aconteceu no dia 30 de novembro, quando foram analisados os indicadores observados durante o ciclo e feitos os apontamentos para melhoria das ações.

O Ciclo de Acompanhamento Formativo é uma metodologia que tem por objetivo apoiar as equipes escolares na implantação do Modelo de Tempo Integral por meio de trabalho in loco nas escolas.

“Anteriormente, realizávamos quatro ciclos no decorrer do ano. Porém, como estamos em um período de pandemia, tivemos que fazer adequações ao processo e realizamos dois ciclos esse ano: o primeiro foi em julho e o segundo foi em novembro”, disse a consultora educacional do ES em Ação, Ayone Sossai.

Relatório

“Nesse relatório, trazemos o cenário das escolas. Em Cachoeiro, são quatro escolas que acompanhamos e desenvolvemos o trabalho. Apresentamos alguns indicadores, dados e índices. Também apresentamos os pontos positivos observados nas escolas e os pontos que precisam de maior atenção. Desta maneira, podemos fazer algumas recomendações para a equipe de implantação para que ela possa desenvolver ações com as equipes escolares, na busca do processo de melhoria contínua”, afirmou a consultora educacional, especialista em Gestão Polliana Aroeira.