Executivo do ES em Ação debate desafios do ensino no século XXI

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A situação da educação no cenário pós-pandemia é considerada preocupante. Isso porque, a evasão escolar praticamente quadruplicou com a suspensão das atividades escolares presenciais, segundo debate de encerramento do módulo sobre educação do Ciclo Cindes Jovem, pelo deputado federal Felipe Rigoni; pelo executivo de Educação do ES em Ação, Luciano Gollner e a pela secretária de Educação de Vitória, Juliana Rohsner.

O evento teve como tema “Desafios da Educação no Brasil no século XXI e no pós-pandemia” e aconteceu na última segunda-feira (31). Entre os motivos apontados para o aumento da evasão escolar, estão a falta de equipamentos e internet para acesso às aulas on-line, que afeta principalmente os alunos e professores da rede pública de ensino. A queda do aprendizado também foi apontada como uma herança negativa da pandemia, já que pesquisas estimam que a educação no país teve um atraso de 10 anos na sua evolução.

A mesa redonda foi mediada pelo atual subsecretário de Meio Ambiente de Vitória, Breno Panetto, para o encerramento do módulo Educação. Ao todo, participaram cerca de 60 jovens.

Tempo integral

“O evento teve o objetivo de debater uma pauta muito importante. Foi uma conversa bem alinhada, falando dos futuros desafios, mas com um olhar para as perspectivas da educação. Na oportunidade, falei sobre os projetos e iniciativas que estão acontecendo no Estado para transformar a Educação. São iniciativas importantes e portadoras de futuro, ou seja, já que estamos falando de perspectivas para frente, destaquei programas como o Pacto pela Aprendizagem no Espírito Santo (Paes) e as Escolas de Tempo Integral. São políticas que estão conectadas com século XXI e que precisam de mobilização e apoio para que elas aconteçam de forma efetiva”, disse o executivo de Educação do ES em Ação, Luciano Gollner.

No cenário futuro pós-pandemia, apesar da evasão, foram apontados avanços como a tecnologia adquirida para a educação. Por exemplo, ir de uma realidade sem e-mails para uma com os docentes dando aulas ao vivo e conseguindo utilizar plataformas digitais de ensino e aprendizagem é um deles, destacaram os debatedores,

O ciclo

O Ciclo de Formação de Liderança do Cindes Jovem é um programa de desenvolvimento e capacitação de jovens com o objetivo de formar líderes com potencial de influenciar na melhoria do ambiente de negócios e comprometidos com o desenvolvimento da indústria capixaba.

*Com informações da Assessoria de Comunicação da Findes