ES em Ação coloca educação no debate eleitoral

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Um dos principais mecanismos que apoiam a Gestão Municipal é o Regime de Colaboração entre Estado e Municípios. No Estado esse regime é o Pacto pela Aprendizagem do Espírito Santo – PAES e tem como foco a alfabetização na idade certa. Entre as vantagens  de estar pactuado a um regime de colaboração, podemos destacar: a garantia de uma trajetória coerente para o aluno mesmo que ele eventualmente mude de município dentro do Estado; economia e otimização do uso de recursos uma vez que várias ações passam a ser integradas; e melhoria dos insumos pedagógicos através de mais troca entre professores e gestores e melhoria constante do material.

Esta é uma das evidências apresentadas para melhoria da qualidade da Educação na campanha #educaçãotransforma do ES em Ação para colocar o tema na pauta da campanha eleitoral. Com o objetivo de questionar os candidatos ao cargo de prefeito e vereador dos municípios sobre o que será feito para transformar a Educação, o movimento empresarial vem apresentando os temas nas suas redes de comunicação.

Esta semana, o tema foi alfabetização na idade certa. Foram apresentados alguns dos quesitos mais importantes para se pensar uma política pública de qualidade para alfabetização apresentados são:

1.           Recursos Pedagógicos: fornecer recursos pedagógicos e bons materiais didáticos para a alfabetização;

2.           Formação Docente: Fornecer formação continuada para melhoria da prática docente mantendo-os apoiados e bem preparados;

3.           Formação dos Gestores: Fornecer formação aos gestores escolares de forma a capacitá-los a apoiar o processo da alfabetização;

4.           Reforço e Recuperação: Reforçar o trabalho pedagógicos para alunos com maiores dificuldade e recuperação para os alunos em idade mais avançada de forma a não deixar ninguém para trás;

5.           Monitoramento e Avaliação: pensar mecanismos que permitam a medição de resultados alcançados por cada escola e o município como um todo.

6.           Cultura de Gestão: Busca pela melhoria constante das gestões escolares e municipal, apoiando-se em metas claras, avanços incrementais e melhoria contínua, por meio de planejamento, para alcançar os resultados desejados.

Todos esses itens já são contemplados no PAES, o Regime de Colaboração do Estado, e todos os municípios pactuados recebem apoio do Governos Estadual para sua execução. Segundo o diretor presidente do ES em Ação, Fabio Brasileiro, o trabalho do movimento empresarial para melhoria da Educação já está surtindo efeito. “Fico feliz que a Educação está entrando no debate dos principais candidatos com uma força nunca vista. A força de nosso argumento é grande com o arcabouço de informações do programa Diretrizes 2020 e a articulação para a transformação da Educação no Estado. Este é o caminho”, afirmou.