Programa de Visitas Itinerantes às Mantenedoras do ES em Ação faz nova parada: Divisão Comércio do Grupo Águia Branca

Menos de duas semanas depois de ser lançado num café da manhã para diretores e líderes da Viação Águia Branca, o Programa de Visitas Itinerantes às Mantenedoras do Espírito Santo em Ação teve outra parada nesta segunda-feira, 2 de julho. Desta vez, o diretor-presidente, Luiz Wagner Chieppe, Aridelmo Teixeira, que acaba de assumir o Projeto Multiplicação da Escola em Tempo Integral, e o diretor-institucional do Instituto Líderes do Amanhã, Hélio João Pepe de Moraes, foram recebidos por parte da equipe da Divisão Comércio do Grupo Águia Branca, dentre eles seu diretor-geral, Riguel Chieppe, durante o Encontro Rede Estratégica, no Sheraton Hotel, em Vitória.

Lançado como parte das comemorações dos 15 anos do movimento empresarial, o programa de visitas tem como proposta divulgar as ações e projetos em desenvolvimento na entidade às empresas mantenedoras da instituição.

E como bem disse Riguel, na abertura do bate-papo, à sua equipe: “É também uma forma de mostrar a vocês o envolvimento do Grupo Águia Branca em algo maior, que transcende a parte econômica de nosso negócio”.

Diretor de Relações Institucionais do Grupo Águia Branca, Luiz Wagner Chieppe abriu a palestra apresentando os três pilares que regem o movimento empresarial – Educação, Formação de Liderança e Gestão Pública Eficiente.

“E estamos debruçados sobre educação, formação de liderança e gestão pública porque entendemos que sem esses três pilares o desenvolvimento não acontece”, explicou o executivo, antes de chamar Hélio João Pepe de Moraes para sua apresentação sobre o Líderes do Amanhã. “Somos uma rede estruturada, um conjunto de pessoas que trabalha baseado em valores e com vistas a novas lideranças empresariais”, resumiu Moraes.

A entidade, nascida em 2010, dentro do Espírito Santo em Ação e bem focada em gestão já é considerada uma das melhores do País e começa a dar frutos. Cria do instituto, Orlando Bolsanello Caliman acaba de assumir a função de diretor de Desenvolvimento do movimento empresarial, justamente no lugar de Chieppe.

Foco em Educação

“Ninguém consegue transformar um Estado se não for pela Educação”. Com essa afirmação, Aridelmo Teixeira iniciou a apresentação do Programa Educação em Tempo Integral, modelo de longo prazo que visa formar alunos autônomos, solidários e competentes, através de um modelo pedagógico que reúne base curricular comum, aulas eletivas, clubes e construção de um projeto de vida cuja grande novidade é o fato do estudante ser o centro da escola.

“O cenário da educação nos aponta uma estatística de apenas 19% da população capixaba que chega aos 18 anos conseguindo desenvolver bem cálculos matemáticos e Língua Portuguesa. Precisávamos encontrar um modelo que nos ajudasse a solucionar esse problema”, explicou ele, completando em seguida. “Como no Espírito Santo em Ação somos treinados a pensar longo prazo, nossa meta é ter a Educação em Tempo Integral em 300 escolas até 2030 e pelo menos uma unidade dela nos 78 municípios do Estado”.

Atualmente, o programa está em funcionamento em 32 escolas da rede estadual, com 20 mil vagas ofertadas. E este ano teve início a expansão das Escolas em Tempo Integral para a rede municipal. O Espírito Santo em Ação vai coordenar e operacionalizar a implantação de toda a metodologia, começando pelo município da Serra.

Quando o assunto é este modelo diferenciado de ensino “importado” de Pernambuco, sempre que possível alunos, diretores e professores das escolas de tempo integral do Espírito Santo são chamados para eventos como este que aconteceu no Sheraton. Desta vez, as convidadas foram as alunas Yasmin Freitas e Ingrid Bicalho, ambas estudantes do 1º Ano da Escola Viva São Pedro, a primeira unidade de tempo integrada implantada no Estado.

Ingrid declamou o poema “Aprendi a Acreditar”, escrito por ela mesma, acompanhada por Yasmin no violão. E no final, ambas compartilharam um pouco de suas experiências nos primeiros seis meses de Escola Viva.

“Tenho necessidade de sonhar e em São Pedro meus sonhos mudam comigo, eles me acompanham”, resumiu Ingrid. E Yasmin completou. “Aquilo lá é um mundo novo, gosto e me sinto viva lá dentro”.

 

IMG_4482 IMG_4486 IMG_4496 IMG_4504
<
>