Posse da nova diretoria do Espírito Santo em Ação reúne 300 lideranças

Com o compromisso de dar continuidade ao Plano ES 2030, criar um núcleo de Educação e ampliar o número de escolas em tempo integral, a nova diretoria do ES em Ação para o triênio 2019/2022 tomou posse nesta segunda, 29 de julho, no Itamaraty Hall em cerimônia concorrida. Quem assume como diretor-presidente é Fabio Brasileiro. O diretor de gestão é o CFO da ArcelorMittal Tubarão, Paulo Wanick e os diretores institucionais são o diretor Executivo do Sicoob, Nailson Dalla Bernadina, o diretor Geral da EDP, João Brito Martins e o CEO da Beta Rede, Rimaldo de Sá. Já na presidência do Conselho Deliberativo, quem assume é o reitor da Faesa, Alexandre Nunes Theodoro.

O evento contou com a presença do Governador do Estado, Renato Casagrande, membros da bancada federal e estadual capixaba, empresários e representantes das mantenedoras do movimento empresarial além do secretário especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia, Salim Mattar, que realizou a palestra de abertura.

O secretário de Desestabilização apresentou os números e os planos do Governo Federal para recuperação da economia do Brasil e ressaltou que o Espírito Santo é um exemplo nacional de organização financeira. Ao final de sua fala, Salim Mattar classificou o Estado brasileiro como gigantesco, obeso, lento e oneroso. “Meu papel é reduzir esse estado que complica a nossa vida. A vida dos cidadãos e a dos empresários”.

Após a palestra os convidados prestigiaram a posse da nova diretoria. Em um primeiro momento, foram convidados ao palco o ex-presidente do Conselho Deliberativo, Café Lindenberg e o novo presidente, Alexandre Nunes Theodoro.

Em sua fala, Café Lindenberg apontou que tem certeza de que o melhor caminho para continuar trilhando, em busca de um Espírito Santo melhor de se viver e empreender, é e continuará a ser a mobilização da sociedade. “E, claro, a união de forças que compartilham pensamentos e interesses comuns em entidades como a nossa, como o ES em Ação, que tive o privilégio de participar da fundação em 2003, e agora tive a honra de presidir o seu conselho”.

Já o atual presidente do deliberativo, Alexandre Theodoro ressaltou a ética com que a instituição sempre pautou suas ações e relevante contribuição para o desenvolvimento do Estado.

Após a passagem de bastão do conselho deliberativo, foi a vez da diretoria. O ex-diretor-presidente da organização empresarial, Luiz Wagner Chieppe deu posse ao seu sucessor, Fábio Brasileiro.

Chieppe lembrou os desafios enfrentados pelo movimento desde sua criação. “Com o tempo ficou claro que o ES em Ação precisava ir além. E conseguimos. Demos um belo passo adiante. Passamos a estudar, viabilizar e colocar de pé projetos marcados por uma forte visão de futuro. Colaboramos muito nos estudos de planejamento de dias melhores de nosso Estado”.

“O ES em Ação tem muitas ações fortes e tem outras tantas pela frente e, se depender de mim, não vai se furtar a ter voz e presença em todas as discussões relevantes para o desenvolvimento do Estado”, afirmou o atual diretor-presidente, Fábio Brasileiro, que ressaltou ainda que cada um dos ali presentes poderia fazer alguma coisa. “E o meu convite é para a ação. Espero poder contar com apoio dos novos diretores e de todos aqui nesta caminhada para levar o Espírito Santo à frente”.

Para fechar a cerimônia de posse o Governador Renato Casagrande ressaltou a importância da entidade para a sociedade capixaba e a importância da cultura de gestão fiscal responsável pelo Estado.

rocio_2019-07-29_04446 rocio_2019-07-29_04478 rocio_2019-07-29_04501 rocio_2019-07-29_04516 rocio_2019-07-29_04542 rocio_2019-07-29_04552 rocio_2019-07-29_04558 rocio_2019-07-29_04571 rocio_2019-07-29_04457 rocio_2019-07-29_04466 rocio_2019-07-29_04535
<
>