ES em Ação promove painel para discutir Gestão Colaborativa

Sabemos que a gestão pública tem vários desafios a serem vencidos, e cada vez mais a participação da população se faz necessária para propor as lideranças públicas que implementem políticas públicas que, de fato, entreguem resultados relevantes e impactantes. Pensando nisso, o ES em Ação, promoveu, nesta terça-feira (31), o painel: “Gestão Colaborativa: Governo e Sociedade”.

Para falar sobre o tema, o movimento empresarial convidou o ex-prefeito de Pelotas/RS, Eduardo Leite, e Paulo Pandolfi, fundador do Colab, startup focada no estímulo à participação cidadã, para debaterem como a sociedade pode contribuir com a gestão pública, e vice-versa, principalmente no âmbito municipal.

Para abrir o bate-papo, Paulo Pandolfi explicou aos presentes que o Colab é um aplicativo que promete encurtar a distância entre o poder público e a população. “No aplicativo o cidadão pode registrar reclamações, denúncias e ainda opinar sobre as cidades”.

A plataforma começou a funcionar em 2013, mas já registou mais de 100 mil fiscalizações em todo o pais.  “Acreditamos que cidadãos engajados e governos transparentes e participativos trabalhando em colaboração são a chave para a criação de cidades melhores para as pessoas”, destacou Pandolfi.

O fundador do Colab ressaltou ainda que, essa consulta com a população é de extrema importância, pois assim, é possível ter uma legitimação em uma tomada de decisão. “No começo isso foi um desafio muito grande, que é justamente tentar trabalhar a mudança de cultura das gestões. As prefeituras não entendiam que o protagonismo no processo de gestão não estava em um grupo específico, mas sim, na população”.

Dando continuidade ao painel, o ex-prefeito de Pelotas/RS, Eduardo Leite, ressalta que, no mundo atual, a aproximação com a sociedade é importante, pois ela quer ser menos espectadora e mais protagonista nas decisões. “E o Governo que se abre para essa nova realidade, até mesmo para legitimar as decisões de governo, deve sempre analisar e avaliar para tomar decisões efetivas, para que não gere frustação e expectativa na população”.

Eduardo Leite destacou a importância do movimento empresarial e as associações empresariais, estarem próximos dos governos e antecipar os problemas. “Por isso, a participação da sociedade civil acompanhando os governos é fundamental para evitar que as medidas tomadas no presente, não queimem o futuro de uma cidade”.

Ao final do painel, os painelistas responderam às perguntas feitas pelos presentes.

painel01 painel02 painel03 painel04 painel05 painel06 painel07 painel08 painel09+ painel10 painel11 painel12 painel13 painel14 painel15 painel16 painel17 painel18
<
>