Equipe de educação do ES em Ação é formada pelo ICE

Após um ano e meio de reuniões, encontros e treinamentos, foi concluído nesta quinta-feira (05), o trabalho de formação da equipe de educação do ES em Ação, realizado pelo Instituto de Corresponsabilidade pela Educação – ICE. A consultora pedagógica do ICE, Renata Campos, a gerente de projeto, Erika Sousa e o consultor de gestão, Marcus Fontes, estiverem na sede do movimento empresarial para o último encontro formativo com a equipe de Educação, Ayone Sossai e Polliana Aroeira.

Ao longo da formação, a equipe do ICE trabalhou, junto ao ES em Ação, o aprofundamento da tecnologia de gestão, elaboração do plano de ação, organização curricular e dimensionamento da equipe escolar no modelo da educação em tempo integral.

E agora, a equipe formada tem como objetivo levar a metodologia da “Escola da Escolha” para os municípios do Estado que quiserem aderir ao tempo integral.

“Nós nos capacitamos para este momento porque contribuir para a melhoria da educação é uma das prioridades do ES em Ação”, ressaltou o diretor-presidente da instituição, Fabio Brasileiro.

A partir de agora, o movimento empresarial assume a liderança do processo de transferência da metodologia da “Escola da Escolha” para os municípios. O primeiro a aderir ao modelo foi Cachoeiro de Itapemirim, que atualmente conta com duas escolas em tempo integral – as Escolas Municipais de Ensino Fundamental Athayr Cagnin, no bairro Nossa Senhora de Fátima, e Julieta Deps Talon, no Zumbi.

O executivo de educação do ES em Ação, Luciano Gollner, conta sobre o planejamento da instituição. “Esse momento foi planejado desde 2014 quando trouxemos o ICE para o Estado. Além de implementar o modelo, nos capacitassem para que assumíssemos o processo de transferência da metodologia para os municípios. ”

Renata Campos ressalta que a parceria foi uma novidade para o ICE. “Nunca tínhamos treinado uma equipe, mas, foi algo incrível. Isso faz com que a metodologia se multiplique cada vez mais para os municípios que tanto precisam de apoio. E esperamos que contagie mais municípios, para entregas as crianças uma educação de qualidade que elas tanto merecem. ”