Ensinas apresentam projetos desenvolvidos no ES em Ação

Verão combina com praia, calor, diversão… e também muito estudo, por que não? Foi o que fizeram quatro integrantes da ONG Ensina Brasil, que aproveitaram um período de 21 dias de imersão no Espírito Santo em Ação para desenvolver projetos relacionados à liderança, gestão pública, inovação, desenvolvimento econômico e sistema energético do Estado.

O resultado do trabalho de verão desenvolvido pelos Ensinas – como são chamados os integrantes da ONG – Kezia Murta, Karina Altavila, Ludimila Amorim e Vinícius Lima foi apresentado na última quarta-feira, dia 30, em evento realizado no Vix Labs, laboratório de inovação do Grupo Águia Branca, na Enseada do Suá, em Vitória.

O primeiro projeto apresentado foi o do engenheiro ambiental Vinícius Lima, de Presidente Prudente (SP), que tratou de modelos para repensar a matriz energética do Estado. A engenheira agrônoma Ludimila Amorim, de Ipatinga (MG), abordou a complexidade econômica do Espírito Santo. Já Karina Altavila, vinda de São Paulo e formada em Relações Internacionais, fez um mapeamento dos trabalhos com inovação em Educação e Gestão Pública. Por fim, a engenheira civil Kezia Murta, de Ilhéus (BA), analisou a formação de lideranças na gestão pública capixaba.

“Foi a primeira vez que os Ensinas fizeram um trabalho de verão no próprio polo em que atuam – Kezia, Karina, Ludimila e Vinícius são professores em escolas públicas do Estado. Isso é importante porque temos a preocupação de deixar um legado na comunidade em que estamos inseridos”, disse o Coordenador Regional do Ensina Brasil, André Mariano.

Durante o período no Espírito Santo em Ação, entre os dias 9 e 30 de janeiro, o quarteto teve reuniões diárias com gestores de diferentes setores, como saúde, educação, meio ambiente, empresarial, entre outros.

“O trabalho do Espírito Santo em Ação é muito interessante, por conectar pontos diferentes do Estado. Ao ver os projetos apresentados pelos Ensinas, fiquei pensando em como tudo isso pode ser replicado nas escolas”, completou Mariano.

E aproveitar esses projetos em sala de aula será, agora, uma das missões dos Ensinas. “Pretendo desenvolver projetos relativos a energia renovável e passar um pouco dessa aprendizagem que tive para os meus alunos”, planeja Vinícius Lima, que é professor de Física na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Saturnino Rangel Mauro, em Nova Rosa da Penha, Cariacica.

Também estiveram presentes ao evento no Vix Labs gestores do Espírito Santo em Ação, como o diretor-presidente, Luiz Wagner Chieppe, o secretário-executivo, Orlando Bolsanelo Caliman, o executivo de Educação, Luciano Gollner, e um dos fundadores da organização, José Armando de Figueiredo Campos, além de representantes do LAB.ges (Laboratório de Inovação na Gestão) e da plataforma Kuau.

“Nosso esforço foi voltado a garantir que os Ensinas tivessem uma grande experiência no Espírito Santo em Ação. Foi importante tê-los vivenciando o nosso ambiente”, destacou Orlando Bolsanelo Caliman, satisfeito com o resultado final do estágio de verão.

IMG_8290 IMG_8299 IMG_8314 IMG_8346 IMG_8360 IMG_8383 IMG_8390 IMG_8394 IMG_8395 IMG_8401 IMG_8406
<
>