Aluna da Escola Viva lança livro de poesias

“Quando escrevo, vejo-me.
Observo-me por dentro e
Fico desatenta nesse mundo,
Pois me aprofundo
De uma forma, que só ouço
As batidas do meu coração”

Esse é um dos 66 poemas que fazem parte do livro “De repente versos…”, escrito por Amanda Rodrigues Martins, de apenas 16 anos, aluna do 2º ano do Ensino Médio da Escola Viva em Tempo Integral Joaquim Beato, na Serra. A obra será lançada no próximo dia 14 de novembro, às 9 horas, com uma manhã de autógrafos e um bate-papo com a autora na Biblioteca Pública Estadual, situada na Enseada do Suá, em Vitória.

Para Amanda, esse é um sonho que se torna realidade. Fruto de sua paixão pela leitura que vem desde a infância. E que se desenvolveu nos últimos anos:

“Quando entrei para uma escola em tempo integral, passei a ter mais tempo para me dedicar a esse sonho. E contei com o apoio dos professores, que liam o que eu escrevia e me davam dicas, sobre como poderia melhorar as minhas poesias”, conta Amanda.

E é assim, inspirada pelas próprias experiências e também pelos poemas de Vinicius de Moraes, que Amanda traz o amor e a paixão, as alegrias e as angústias como temáticas de seu livro. Em forma de palavras, ela expressa um mix de sentimentos típicos da juventude e recebe elogios do professor que dá nome e é o patrono da Academia Estudantil Espírito-Santense de Letras, da qual a aluna faz parte: Francisco Aurélio Ribeiro.

“Com apenas 16 anos, Amanda se firma poeta com a segurança de quem já encontrou o seu destino nas letras. Seus versos são próprios da sua juventude e refletem os sentimentos comuns à sua faixa etária”.

Além de Amanda, outros 47 meninos e meninas fazem parte da Academia Estudantil Espírito-Santense de Letras, projeto que nasceu em agosto de 2016, a partir de uma disciplina eletiva ministrada pelas professoras Ivanna Frota e Vanda Loss, na Escola Joaquim Beato.

“O projeto surgiu com o objetivo de despertar o interesse dos estudantes pela leitura e pela escrita, diante da concorrência do computador, da internet e do celular”, conta a professora Ivanna. “Em todas as aulas, Amanda chegava trazendo um poema. Percebi que ela tinha o dom e poderia trabalhar isso para transformar em livro. Hoje, estudantes que antes eram indisciplinados e davam trabalho na sala de aula estão se transformando. Porque Amanda se tornou um exemplo e todos querem ser iguais a ela”.

“Quando os meus colegas souberam que eu vou lançar um livro, eles se animaram mais ainda. Pensaram: nossa, nunca conheci ninguém que escreveu um livro. Isso mostrou para eles que é possível acreditar nos sonhos e torná-los realidade”, destaca Amanda.

O lançamento do livro tem o apoio do Espírito Santo em Ação, que tem a Educação como um de seus pilares estratégicos – os outros são formação de lideranças e gestão pública eficiente.

“A educação é algo que me move. Me emociona ver os frutos que as boas oportunidades produzem em nossos jovens. Essa coletânea de poemas de Amanda Rodrigues Martins já nasce grandiosa, pois integra a Academia Estudantil Espírito-Santense de Letras, a primeira academia juvenil a surgir dentro de uma escola capixaba, fruto do comprometimento e engajamento de alunos e professores em torno de um bem maior e comum”, afirma o diretor-presidente do Espírito em Ação, Luiz Wagner Chieppe.

Todo o dinheiro arrecadado com a venda do livro será revertido para a Acacci (Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil).

 

Saiba mais

Lançamento e sessão de autógrafos do livro “De repente versos…”

Autora: Amanda Rodrigues Martins, 16 anos, aluna da Escola Viva Padre Joaquim Beato, na Serra

Quando: 14 de novembro (quarta-feira), às 9 horas

Onde: Biblioteca Pública Estadual (Avenida João Batista Parra, 165, Enseada do Suá, Vitória)