Águia Branca recebe o Espírito Santo em Ação e conhece ações e projetos da entidade

Em 2018, o Espírito Santo em Ação completa 15 anos de atividades e para comemorar a data um programa de visitas itinerantes às mantenedoras foi organizado com objetivo de divulgar todas as ações e projetos em desenvolvimento na entidade

O primeiro encontro do projeto aconteceu no Centro de Memórias da Águia Branca, na quarta-feira, 20 de junho, onde estiveram reunidos diretores e líderes do Grupo Águia Branca para conhecer os números da instituição. Na oportunidade o Instituto Líderes do Amanhã, criado dentro do Espírito em Ação, também foi apresentado.

O Espírito Santo em Ação conta com 33 mantenedoras, 21 projetos em andamento, 200 voluntários e 100 entidades envolvidas nos temas que estão divididos em três pilares: Educação, Formação de Liderança e Gestão Pública Eficiente.

Dos projetos expostos, o Educação em Tempo Integral ganhou destaque com a apresentação de Aridelmo Teixeira, que acaba de assumir o Projeto Multiplicação da Escola em Tempo Integral. E durante o bate-papo com os executivos, ele ressaltou a importância da iniciativa.

“O cenário da educação atualmente nos aponta uma estatística de apenas 19% da população capixaba que chega aos 18 anos conseguindo desenvolver bem cálculos matemáticos e Língua Portuguesa. Precisávamos encontrar um modelo que nos ajudasse a solucionar esse problema. Nossa meta é ter a Educação em Tempo Integral em 300 escolas até 2030 e pelo menos uma em cada cidade dos 78 municípios do Estado”.

A Escola em Tempo Integral é um modelo que visa formar alunos autônomos, solidários e competentes, através da base curricular comum, aulas eletivas, clubes e a construção de um projeto de vida feito pelo próprio aluno que se torna protagonista da sua história.

O diretor da Escola Viva CEEFMTI Professor José Leão Nunes, Felipe Cunha Chrisóstomo, ressaltou como o modelo tem auxiliado no dia a dia. “A Escola Viva reacendeu em mim o sentimento de acreditação na educação. É um trabalho de qualidade que nos permite ver, sentir e cuidar”, afirmou.

Após as apresentações, o diretor-geral da Viação Águia Branca, Renan Chieppe, agradeceu a presença dos representantes da entidade e ressaltou a importância do encontro. “Este é um movimento com o qual o Grupo Águia Branca se identifica. Sempre fomos envolvidos com os importantes movimentos para o desenvolvimento da sociedade e fomos presenteados com estes belos relatos”, ressaltou.

Para o presidente do Espírito Santo em Ação e diretor de Relações Institucionais do Grupo Águia Branca, Luiz Wagner Chieppe, as visitas às mantenedoras são fundamentais para aproximá-las ainda mais da rotina do movimento empresarial. “Queremos apresentar essa visão social e não apenas transmitir conhecimento, mas estimular a participação de todos. Vamos levar para dentro das empresas mantenedoras o que estamos fazendo”, declarou.