Acolhimento e formação marcam volta às aulas nas escolas de tempo integral

As escolas de tempo integral de Cachoeiro de Itapemirim começaram o ano letivo. Durante toda esta semana, acolhimento e atividades marcaram a volta às aulas para educadores, pais e alunos das duas escolas do modelo integral no município. A equipe de Educação do ES em Ação esteve presente promovendo dinâmicas para formação das equipes escolares e recepção dos alunos.

A Associação Gigantes Capixabas, formada por alunos egressos da escola de tempo integral, também participa desta formação.  Ao todo, 450 estudantes são esperados nas duas escolas em tempo integral – “Julieta Deps Tallon”, no bairro Zumbi, e “Athayr Cagnin”, no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Cachoeiro. Ambas oferecem atividades das 7h30 às 16h30, dentro da metodologia da Escola da Escolha, em que os estudantes aprendem matérias curriculares tradicionais e disciplinas eletivas.

No caso das eletivas, elas são escolhidas pelos próprios alunos, dentro de uma grade pré-determinada pela Secretaria Municipal de Educação de Cachoeiro (Seme). Essa oportunidade de optar por disciplinas tem como objetivo estimular o protagonismo estudantil e promover o acesso a atividades em diversos espaços físicos, como ateliê criativo, brinquedoteca, biblioteca e outras práticas realizadas na sala de aula, levando em consideração os interesses dos próprios estudantes.

Marco Zero

A Semana de Acolhimento é uma Prática Educativa desenvolvida para apresentar os Princípios e Bases que fundamentam o Modelo da Escola da Escolha.  É considerado o “Marco Zero” porque se dispõe a ser a porta de entrada para a apresentação desse novo jeito de ver, sentir e cuidar na escola. Segundo Polliana Aroeira, especialista em Gestão Educacional do ES em Ação, as atividades são desenvolvidas de modo deliberado e intencional para os diferentes públicos que compõem a comunidade escolar:

  • Equipe Escolar – as atividades propostas visam refletir sobre a necessidade de considerar como a equipe pode contribuir, por meio das oportunidades educativas, para atender ao desenvolvimento dos estudantes.
  • Pais e Responsáveis – é o momento para levá-los a refletir sobre a importância de apoiar os seus filhos durante a vida escolar. No Acolhimento são realizadas atividades de sensibilização entorno das várias possibilidades e meios para esse apoio. Aqui se objetiva fortalecer o sentimento de corresponsabilidade na construção dos Sonhos dos estudantes.
  • Estudantes – eles são conduzidos à reflexão sobre a importância dos seus sonhos e às expectativas de sua realização pelo exercício do Protagonismo. É também onde são estabelecidos os primeiros vínculos e iniciada a elaboração do sentimento de pertencimento e partilha.

É no Acolhimento que os estudantes são levados a perceberem como a Equipe Escolar se colocará à disposição para a construção de seus Projetos de Vida (Sonhos). Durante esta prática são apresentados os desafios, perspectivas, práticas e conceitos trazidos pelo Modelo da Escola da Escolha por meio de vivências em diferentes situações e destinadas aos distintos públicos.

“Com a participação de todos, espera-se que o conhecimento das bases e princípios do Projeto Escolar contribua para a reflexão e a necessidade da mudança no olhar e na postura diante deste novo Projeto Escolar, construindo e fortalecendo o sentimento de corresponsabilidade entre todos”, explica Polliana.