Hawking, mais que um legado

Veneramos pessoas de sucesso, heróis e mártires. Pessoas como Gates, Bezos, Lemann, Buffett e Moro. Pessoas que atingiram o sucesso que queremos, como bússolas que nos levam a alcançar o que desejamos. A nossa ambição é ser uma delas, viver as glórias que viveram, ter as posses de que dispõem e deixar um legado. Mas a quem estas veneram?

Como nós, elas também olham acima. “Olhe para as estrelas e não para os seus pés”. Veneram pessoas como Thatcher, Newton, Darwin, Madre Teresa ou Van Gogh. Veneram pessoas como Hawking, autor da citação acima. Pessoas que foram capazes de atingir o máximo de seu potencial, de usar seu melhor, seja qual for o campo ou circunstância, em favor de si mesmas e em favor dos outros. Pessoas de ambições realizáveis, cuja contribuição fora inegável e incomparável.

Referências que transcendem títulos, ora por seu legado, ora por ser exemplo daquelas pessoas que fizeram uso máximo da mente humana, que triunfaram na razão, na capacidade do homem em pensar, realizar, criar riquezas, inspirar e fazer o mundo melhor. Atingir o que nenhum déspota conseguira antes ou conseguirá adiante.

Hawking que nos deixou há algumas semanas é mais que uma referência na ciência, é um exemplo, um símbolo daquele que atinge o seu máximo potencial, que tem na sua própria vida o propósito e na sua realização a felicidade. Transgredindo os obstáculos, no seu caso, físicos. Ignorando o ceticismo daqueles que projetavam nele a sua pena. Desafiando a física ao rejeitar as regras vigentes. Confrontando a medicina ao ludibriar a morte. Criando vidas, inspirando vida, sendo vida. Hawking é aquilo para o qual mais lutamos: O homem de valores, o homem livre.

Certa vez cunhou: “Meu objetivo é simples: É um entendimento completo do universo, por que ele é como ele é e por que ele existe afinal”. As atitudes de pessoas dessa natureza são o remédio à uma vida de desculpas, um confrontamento ao ideologismo vil, ao partidarismo cego, à falta de ética, à ineficiência e à mediocridade.

Franklin Fuzari

É associado Honorário do Instituto Lideres do Amanhã